Operação da Policia Federal apreende cisternas distribuídas ilegalmente a vereadores do município de Serra Preta

Nesta quarta-feira (03) aconteceu uma operação da Polícia Federal no município de Serra Preta, para apurar possíveis irregularidades na distribuição de cisternas para captação de água. O fato repercutiu após denúncia formalizada pelo vereador Sérgio Moreira (PT), na Câmara Municipal.
Segundo as informações colhidas por nossa reportagem, a ação contou com ajuda de representantes da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e pelo menos cinco vereadores estavam utilizando os reservatórios de forma indevida, já que o programa tem como principal finalidade beneficiar as famílias de baixa renda, ou em condição de vulnerabilidade social.
Ainda segundo informações colhidas pela nossa reportagem, as cinco cisternas foram retiradas pela PF das residências dos vereadores Adilson do Jacu, Roque de Vá, Maria de Nave e do presidente da Câmara, Gilson do Tinguí, todos da base governista.

Os reservatórios foram apreendidos e estão na Delegacia de Polícia Civil do Distrito do Bravo, à disposição da justiça. Segundo um morador do município de Serra Preta, que não quis ter seu nome revelado, a denúncia não agradou aos representantes da CAR. 

Postagens mais visitadas deste blog

Tio mata sobrinho a pauladas após discussão

Polícia prende suspeita de envolvimento na morte de empresário da Telexfree

Recurso ao TJBA objetiva bloquear R$ 11 milhões do Município de Serra Preta, ativo financeiro é oriundo da União em pagamento de precatório e não consta no orçamento municipal de 2016