Denuncias marcão a primeira sessão de 2014.

Vereador Sergio Moreira fez diversas denuncias na primeira sessão do ano na Câmara de Vereadores de Serra Preta. " O município está abandonado pelo gestor Adeil. As empresas de construção civil que atuam no município fazem pouco da população". Moreira fez referências as obras inacabadas de construção do PSF da Lagoa da Caiçara, de 100 unidades sanitárias (banheiros) nas localidades de Cabaceiras, Sede, Ponto e Bravo e a praça do Descanso. " Lá fora é motivo de chacota quando das informações de que o prefeito atende a população nas fazendas localizadas em Baixa Grande e em Serra Preta".




Não entendemos por que a prefeitura não aderiu aos programas Mais Médicos do governo federal e o Medicamento em Casa do governo do estado. O que está por traz disso?

O vereador também informou que o município está contemplado com o Programa Mais Água da CAR que vai universalizar as cisternas para todas as famílias da agricultura familiar, ou seja, 100% das famílias com cisternas. Divulgou também a entrega de máquinas do PAC 2 do governo Dilma como pá carregadeira, caçamba, caminhão pipa, motoniveladora (patrol) e retroescavadeiras. Em parceria com o deputado Zé Neto informou que está empenhado para efetivar a abertura do posto policial no Ponto e a reforma das vias que ligam o Ponto e o Bravo à BA 052.

O vereador indagou sobre os empréstimos de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil) em 2009 e R$ 1.000.000,00 ( um milhão) em 2013 para as mesmas finalidades e prometeu fiscalizar em parceria com os mandatos do Pastor Magno Sousa e de Mário Gonçalves.


Fonte : Sergio Moreira em sua pagina na rede social.

Postagens mais visitadas deste blog

Tio mata sobrinho a pauladas após discussão

Polícia prende suspeita de envolvimento na morte de empresário da Telexfree

Recurso ao TJBA objetiva bloquear R$ 11 milhões do Município de Serra Preta, ativo financeiro é oriundo da União em pagamento de precatório e não consta no orçamento municipal de 2016